Seguidores

domingo, 15 de julho de 2012

QUADRO




Alberto Afonso Landa Camargo

Pintei teus olhos para conhecer tua alma,
Deslizei o pincel nas curvas da saudade...

Desvendei teu corpo na tela e as cores
Da tua alma incendiaram minhas mãos...

Tremeram meus lábios e continuei mudo,
Engoli as palavras que teimaram em não sair...

E a tua alma era a minha mesma que esperava
O sopro da vida para caminharmos juntos...

Saímos... voltei os meus para ver os olhos frios
Que ficaram perdidos na tela esmaecida...

E seguimos juntos... teus olhos nos meus
Descobrindo os caminhos...

4 comentários:

  1. Poema sensível, profundo que impulsiona o leitor, à tentar desvendar o caminho abstrato das almas.
    Abs... Nadir

    ResponderExcluir
  2. Oi Alberto,

    Nos olhos nos encontramos e nos perdemos.

    Abraços da Luz.

    ResponderExcluir
  3. Achei seu blog na blogosfera.
    E adoreii!

    Já estou te seguindo..
    Me visite tbm
    http://lidiepaulo.blogspot.com.br

    Beijocas
    Ótima Semana \º/

    ResponderExcluir
  4. Sempre quando te leio,sinto a mais bela essência exposta de ti. Beijão Alberto.

    ResponderExcluir